folhas e agulhas de bonsai
IBERBONSAI.pt ::
Contactos
Qtd:
0
Total:
€ 0,00
Carrinho de Compras
0
Carrinho de Compras

 

 

 

Home

PESQUISA AVANÇADA

ÁREA DE CLIENTE

963 907 899

SAIBA MAIS

NOVIDADES

Conheça as nossas novidades

NEWSLETTER
folhas e agulhas de bonsai

 

Folhas e agulhas de bonsai

As coníferas são um tipo de planta lenhosa pertencente à divisão botânica Pinophyta.

 

Sabe-se que as maiorias das espécies de coníferas permanecem verdes durante todo o ano, têm folhas semelhantes a agulhas e produzem cones lenhosos.

As folhas e as agulhas de bonsai têm a mesma função

Muitas espécies de coníferas são resistentes ao frio e podem, portanto, resistir a condições de congelamento. Outras preferem um clima mais quente, tal o pinheiro guarda-sol ou Pinus Pinea.

 

Ler artigo sobre o Pinus Pinea.

 

Os pinheiros formam frutos que são cones feitos de escamas, onde as sementes são guardadas. É o maior género de coníferas, sendo muitas das suas espécies importantes espécies de árvores florestais.

 

Os pinheiros e abetos perdem de facto as suas folhas, semelhantes a agulhas, mas como isto acontece gradualmente, mal nos apercebemos e por isso permanecem verdes durante todo o ano. De facto, substituem as suas folhas que caem durante o ano por novas agulhas ou escamas que voltam a crescer.

 

O pinheiro e o abeto são dois géneros diferentes de coníferas.

Diferem na disposição das suas agulhas. As agulhas de pinheiro estão dispostas em grupos de duas, três ou cinco agulhas, enquanto as agulhas de abeto são fixada uma a uma. Esta é a melhor forma de os distinguir.

 

As agulhas de pinheiro são mais redondas, mais finas e mais espinhosas do que as agulhas de abeto. Crescem em grupo no ramo, o que torna possível distinguir estas coníferas de outras coníferas. Se olharmos de perto, podemos ver que existem entre duas a sete agulhas num pequeno feixe, preso ao ramo. A este grupo de agulhas chama-se um fascículo.

 

Curiosidade: a pinha é o símbolo do despertar espiritual.

 

Desde os tempos antigos, a pinha tem sido um símbolo de imortalidade e força de vida, ligado à lenda do Deus Pan.

 

Pan em grego significa "tudo" e é o deus dos pastores e rebanhos, assegurando a sua fertilidade.

 

As coníferas têm folhas que são definidas como agulhas ou escamas e o seu aspecto varia de acordo com a espécie.

 

- As folhas lineares podem ser curtas ou longas e pontiagudas, como no caso do Taxus baccata. É uma folha longa e estreita que não está dividida em partes.

 

 Ler artigo sobre o Taxus ou teixo

 

- Folha acidulare que é geralmente plana e inquebrável como o abeto comum.

 

- Folha escamosa, as escamas são geralmente curtas, planas e próximas, como no caso da metasequoia.

 

As agulhas do pinheiro são folhas modificadas e as agulhas de coníferas sempre-verdes têm uma camada exterior espessa chamada cutícula para reter mais água.

 

O ar seco dá às folhas uma forma de agulha para evitar a perda de água por evaporação e transpiração. A forma reduzida da agulha em comparação com uma folha dita normal, ajuda a reter a humidade e a combater a perda de água. Isto porque os estômatos estão embebidos e firmemente envoltos em folhas em forma de agulha.

 

No caso dos pinheiros, que geralmente crescem em montanhas e regiões frias, a forma da agulha dá-lhes a capacidade de limpar a neve, evitando assim a quebra dos ramos com o peso.

 

A função da agulha é a mesma da folha, nomeadamente a fotossíntese e a remoção do excesso de água das partes aéreas da árvore.

 

O comprimento das agulhas varia muito, sendo mais longo no pinheiro negro como o Pinus Thunbergii e mais curto no pinheiro branco como o Pinus Pentaphylla e no pinheiro da montanha como o Pinus Mugho.

 

Ler artigo sobre o Pinus Thunbergii e sobre o Pinus Pentaphylla

 

Em bonsai procuramos sempre uma árvore com as agulhas o mais curtas possível, é por isso que reduzimos, por exemplo, as agulhas do pinus thunbergii em outubro.

 

Ler artigo sobre a poda e a pinçagem do bonsai pinus.

 

Qual o papel da folha ou da agulha no caso dos pinheiros?

 

A folha ou agulha é um dos elementos vitais que as plantas possuem.

A folha, tal como a agulha, é um orgão essencial na nutrição das plantas e das árvores de bonsai, absorve a água, a luz e o dióxido de carbono e liberta o oxigénio  que beneficia o mundo animal, sem o qual não haveria vida no planeta.

 

A função principal da folha é a fotossíntese e a respiração. A fotossíntese é uma reacção bioquímica cujo objectivo é criar energia, sob a forma de hidratos de carbono, a partir da energia luminosa do sol. A folha é o cenário das trocas gazosas e ao mesmo tempo um centro de ar condicionado que regula a perda de água a um mínimo e maximiza a luz. é um verdadeiro laboratório onde a transformação da seiva bruta em seiva elaborada tem lugar.

 

É graças a pequenas aberturas na epiderme da folha que a perda de água por evaporação é controlada e também o controlo das trocas gasosas entre o oxigénio O2 e o dióxido de carbono CO2.

 

A maioria das coníferas são sempre verdes, ou seja, permanecem verdes durante todo o ano, embora, como vimos, as agulhas caiem gradualmente e renovam-se, mas sem que nos apercebamos.

 

No entanto, há algumas espécies que são caducas, tais como o Pseudolarix e a Metasequoia, que perdem as suas agulhas no Inverno e reaparecem na Primavera seguinte.

 

Outras mudam de cor, como o Taxus, que pode ficar vermelho-amarelado no Inverno com o frio e voltar a ficar verde na primavera.

 

Dica: As agulhas de pinheiro são um repelente natural contra as lesmas, que não gostam delas por serem desconfortáveis e as agulhas de pinheiro não são afectadas pela chuva e podem por isso permanecer no solo durante muito tempo sem se decomporem.

 

As agulhas de pinheiro também podem ser utilizadas como composto, podem ser misturadas com outros elementos orgânicos para obter um composto equilibrado.

 

Nota: o composto de agulha de pinheiro é ligeiramente ácido.

 

A madeira de pinheiro é principalmente utilizada para fazer papel, mobiliário, soalho e materiais de construção. Com os seus botões fazemos xaropes e doces. Os pinhões, que são commestíveis, provêm das sementes do pinheiro guarda-sol ou Pinus Pinea.

 

Exemplos de folhas e  agulhas de bonsai

 

Pinus Sylvestre: agulhas de 5 a 6 centímetros de comprimento, folhas erectas e rígidas, verde glaucoso ou acinzentado.

 

Pinus Pinaster ou pinheiro marítimo, muito comum em Portugal junto ao mar: folhas duplas de 10 a 12 centímetros de comprimento, espessas e rígidas, muitas vezes com um contorno esbranquiçado verde.

 

Pinus nigra ou pinheiro negro: folhas duplas de 10 a 15 centímetros de comprimento, rígidas e verde-escuro.

 

Pinus stobus e pinus parviflora: as folhas são fasciculadas por cinco, de seis a oito centímetros de comprimento, muito finas, verdes e brilhantes de um lado, glauca e mate no outro.

 

Pinus mugho ou pinheiro da montanha: com quatro a cinco centímetros de comprimento, folhas erectas e apertadas, rígidas e verde-escuro.

 

 

Termos e Condições
A iberbonsai
Dicas e Conselhos
Catálogo
Siga-nos

Todos os valores incluem IVA à taxa em vigor

Copyright © IBERBONSAI.pt 2022

Desenvolvido por Optimeios

UA-144250790-1 UA-144250790-1